Homens cacheados e seus truques com os caracóis – PARTE 1

Quem disse que eles não são dedicados na hora de cuidar dos caracóis? Enquanto alguns rapazes optam por passar a máquina zero, outros deixam a cabeleira crescer para ficarem ainda mais gatos e charmosos com seus cachos ♥

Pensando neles, decidi criar um mega post sobre homens com cabeleiras cacheadas. Essa pauta rendeu TANTO que decidi quebrá-la em duas partes.

A primeira você confere a seguir!

Cacheados e cacheadas: existe diferença?

Segundo a dermatologista e tricologista Angélica Pimenta, a estrutura capilar é a mesma em homens e mulheres, o que difere são os hormônios de um para o outro. “No caso dos homens, a testosterona pode deixar a raiz mais oleosa, por exemplo”, explica.

Para os meninos, as diferenças estão no comportamental ao longo da vida. “Acho que pelo fato de as meninas terem cabelo mais longos desde a infância, elas têm mais prática nos cuidados diários. Já para meninos, os cuidados com os cabelos mais longos são uma novidade”, conta o assessor de imprensa Diogo Oliveira.

Já o empresário Aldine Paiva vai em um ponto muito importante: “Acredito na diferença entre cachos, e elas são muitas! Mas não acredito que o gênero influencie.”

 

Um cabelo e muitos estilos

Não é novidade que cacheados e crespos oferecem inúmeras possibilidades de visuais. E os meninos aproveitam isso com muita criatividade.

Diogo conta que gosta de prender o cabelo com um elástico para criar o efeito Afro Puff e que adora usar lenços de forma mais solta para não marcar os fios. “Recentemente estou tentando fazer tranças. Assisto vários tutoriais e aos poucos estou pegando prática.”

Foto 1
O assessor de imprensa Diogo Oliveira curte prender o cabelo no estilo Afro Puff – Foto: DIVULGAÇÃO

 

Faixas e lenços de diversos tamanhos também fazem parte do look de Aldine. “Às vezes cubro toda a cabeça ou apenas dou a volta nela com o tecido e completo com um coque alto. Já tive a fase da faixa invisível, que era um elástico fino da mesma cor dos meus fios, que some na cabeça e não interfere no restante do visual.”

O coque samurai, que está em alta no momento, também é uma possibilidade para os cacheados. Aldine, que trabalha com alimentação, precisa ficar com os fios presos o tempo todo e lança mão do penteado. “Há uns seis meses consegui comprimento para deixá-lo preso. Mas morro de saudade de soltar a cabeleira.”

69510_1599925110831_854347_n
Hoje, Aldine Paiva abusa do coque samurai por conta do trabalho, mas adora usar o cabelo solto – Foto: DIVULGAÇÃO

 

Ritual sagrado

Toda pessoa que tem cabelo cacheado, ondulado e crespo aprende com o tempo as necessidades dos fios. Tod@s nós sabemos que muitas vezes o que funciona para um não rola para outro.

No dia a dia, Diogo conta que o ritual começa em não dormir com os fios soltos. “Eu prendo os cachos em um rabo de cavalo estilo abacaxi.” Pela manhã, ele usa óleos de hidratação, mas se os caracóis estiverem em um dia ruim, ele recorre ao leave-in nos fios úmidos.

foto 3
Para acordar com os cachos prontos, Diogo recorre ao rabo de cavalo estilo abacaxi – Foto: DIVULGAÇÃO

 

Aldine usa ate três linhas diferentes de xampu, condicionador e creme de pentear a cada lavagem. “Assim o cabelo não ‘vicia’ com a química e o efeito final é de como se estivesse usando os produtos pela primeira vez. Acho que a alternância garante esse efeito.”

Na hora de aplicar os finalizadores, ele tem uma técnica bem bacana: misturar uma bola de mousse e uma de gel de fixação forte e envolver os dois com cuidado para não desestruturar a espuma do mousse. A quantidade varia da quantidade de comprimento da cabeleira, por isso é bacana testar o que é melhor para a sua. “Faço a fitagem de cabeça para baixo e tiro o excesso de umidade com um tecido de algodão, jamais com a toalha.”

168532_184655048230036_1125208_n
Uma bola de gel e outra de mousse: eis o segredo de Aldine na hora de finalizar os caracóis – Foto: DIVULGAÇÃO

O grand finale pode seguir dois caminhos: deixar secar naturalmente ou usar o difusor. “Gosto da primeira opção porque os cachos ficam perfeitamente modelados e com um brilho lindo! Só dou uma amassada nos cachos para quebrar aquele aspecto duro do gel”, explica Aldine.

 

Serviço

Dra. Angélica Pimenta – Dermatologista tricologista integrante da Sociedade Brasileira de Dermatologia de Cabelos

www.angelicapimenta.com.br

 

Comentários

comentários