No poo passo a passo: aprenda tudo sobre a técnica

Com certeza você já deve ter ouvido falar sobre o no poo. Mas, apesar, de ter se tornado popular recentemente, a técnica existe há algum tempo, desde 2002 para ser mais precisa.

Quem criou o conceito foi Lorraine Massey, co-criadora da marca DevaCurl. Sua experiência com os cachos foi tão enriquecedora que rendeu até mesmo um livro, o Curly Girl.

Lorraine-Massey
Olha os cachos LINDOS que a Lorraine Massey tem! Acho que ela tem muito a nos ensinar 🙂 – FOTO: Reprodução/NaturallyCurly.com

Já sei: ficou empolgada, mas não sabe por onde começar, né? Calma aí, que este post vai ensinar passo a passo como ser adepta do no poo corretamente 😉

1 – Diga adeus ao silicone

Conforme expliquei nesse post, a técnica de no poo não contém tipo algum de sulfato. Por conta disso, ela não consegue remover o silicone presente na fórmula de alguns cosméticos. Caso você continue usando esses produtos mais o no poo, seu cabelo ficará pesado por conta dos resíduos acumulados nos fios. E pior ainda: seus cachos ficarão fracos, pois deixarão de receber nutrientes por causa da barreira formada.

2 – Providencie novos cosméticos

Se você está decidida a seguir os caminhos do no poo, a partir de agora apenas produtinhos sem silicones e petrolatos farão parte da sua rotina. Portanto, sempre que for comprar algum, leia o rótulo antes. Não compre se tiver alguns dos componentes abaixo:

Silicones

Dimethicone
Amodimethicone
Cetearyl methicone
Cetyl Dimethicone
Cyclomethicone
Cyclopentasiloxane
Dimethiconol
Stearyl Dimethicone
Trimethylsilylamodimethicone
Simethicone
Polydimethylsiloxane
Methicone
Phenyl Trimethicone
Dimethylpolysiloxane
Bis-Aminopropyl Dimethicone

Petrolatos

Mineral Oil (Óleo mnieral)
Paraffinum Liquidum (Parafina líquida)
Isoparafin (Isoparafina)
Petrolatum (Petrolato)
Vaselin (Vaselina)
Dodeceno (Dodecano)
Isododeceno (Isododecano)
Alkane (Alcano)

Parabenos

Metylparaben (Metilparabeno)
Propylparaben (Propylparabeno)
Etylparaben (Etylparabeno)
Butylparaben (Butylparabeno)

3 – Lavagem exorcista

Após providenciar o arsenal de cosméticos para o no poo, chegou a hora de se livrar de todo silicone, óleo mineral, vaselina, parafina e afins que estão nos seus fios. Para isso, existem duas alternativas: ou lavar com um xampu antirresíduos ou com o shampoo comum com sulfato.

Com o antirresíduos,os seus fios perderão tudo, inclusive a maciez, a emoliência e a hidratação. Mas isso é necessário para retirar o que não é bom também.

Caso opte pelo shampoo que você já vem usando, é importante que ele não tenha petrolato algum – veja a lista acima.

4 – Comece o ritual

Após lavar seus cachinhos, eles estarão prontos para dar o primeiro passo no mundo do no poo. Aplique o condicionador próprio para no poo nos fios e aproveite para desembaraçar os cachos nesse momento.

Se o cabelo estiver muito seco, não economize na quantidade de produto.

5 – Secagem correta

Essa não é uma regra apenas para quem segue o no poo, mas para cacheadas em geral: após a lavagem, retire o excesso de água do cabelo com um tecido que não seja TÃO absorvente como a toalha de banho. Pode ser papel-toalha – sim, o de cozinha! – ou uma camiseta antiga de malha. Aperte as mechas suavemente de baixo para cima.

Na hora de secar os cachos, jamais esfregue o tecido ou o papel nos fios. Além de deformar os caracóis, também causará frizz, aquele arrepiado chato que detona qualquer visual.

6 – Grand finale

Após a lavagem, é hora de aplicar o leave-in ou o creme de pentear escolhido e que esteja de acordo para o no poo. Divida o cabelo em 4 partes: da testa à nuca e de uma orelha a outra.

Distribua o produto com delicadeza com os dedos abertos. Em seguida, aperte as mechas de baixo para cima para ativar o formato e ajudar a definir os cachos. Se quiser, seque com o difusor ou deixe secar naturalmente.

7 – Seu cabelo vai estranhar

Muitas cacheadas relatam que os cachos ficaram durinhos depois do no poo. Temos que pensar que estamos lidando com cosméticos que não têm silicone, um dos ingredientes que dão maciez instantânea aos fios.

Se por um lado o silicone deixa os cachos sedosos, por outro, ele é uma “maquiagem”, já que deixa o cabelo de um jeito que ele não é naturalmente. E a proposta do no poo é exatamente essa: deixar os caracóis macios, com brilho e movimento de forma natural.

Essa sensação faz parte da adaptação ao no poo. O cabelo leva um tempo para se acostumar à nova rotina de cuidados. E isso leva tempo, paciência e testes de produtos até encontrar aquele que seja perfeito para você. Tenha paciência. 😉

8 – Cuide bem do seu amor

Na técnica no poo, é possível usar tratamentos condicionantes que cumprem a função de higienizar e condicionar o cabelo.

Ao utilizar esses produtos, massageie o couro cabeludo com a ponta dos dedos – esqueça as unhas! -, deixe escorrer pelo comprimento (não esfregue, ok?) e enxágue. Em seguida, aplique o mesmo produto apenas no comprimento e pontas para condicionar. Aproveite para desembaraçar e enxágue.

Mas também é possível usar um produto para co-wash para higienizar e um condicionador liberado para no poo para desembaraçar e amaciar os fios.

E você, já usa a técnica no poo? Divida suas dicas com a gente nos comentários! 😀

Imagem Home: Beautiful curls via photopin (license)

Comentários

comentários